Saiba quais são os sintomas, as principais diferenças e causas destes problemas. Urinar é a melhor solução para ambos.
Foto: Reprodução/ Internet

Mais comum entre mulheres, a cistite e a infecção urinária são problemas que geram grande desconforto. Os sintomas de ambas são bem parecidos, porém o tratamento e as consequências possuem graus de atenção bem distintos. Dada a importância e a falta de informação sobre o assunto, o Dr. Alex Meller, da Clínica Unix, explica as diferenças, causas e tratamentos para ambos os casos.

Cistite:

Em média de 15 a 20% das mulheres no mundo sofrem com a cistite, que é uma inflamação na bexiga. Exagerar no café e no refrigerante, deixando de ingerir quantidade suficiente de água ao dia, são causas para seu desenvolvimento. “O café e o refrigerante, quando tomados frequentemente, liberam grande quantidade de substâncias ácidas na urina, gerando irritação na bexiga”, explica Meller. Outro fator que aumenta a chances da inflamação são relações sexuais, já que durante o ato acontecem dois fenômenos, o primeiro é o atrito do penis com a uretra feminina que se localiza na parede anterior da vagina e é separada por uma parede muito fina. “O  atrito leva a irritaçao da uretra feminina e aos sintomas de cistite”, esclarece. Uma forma de prevenção é usar bastante lubrificação quando tiver relações sexuais muito longas.O segundo fenômeno ocorre com a mudança de ph vaginal associado as secreções eliminadas durante o ato e a ejaculação – quando ocorre dentro da vagina – podendo levar a proliferação bacteriana ou fúngica vaginal e inflamação da vagina e consequentemente da uretra.

Infecção Urinária:

Foto: Reprodução/ Internet

Possui as bactérias como principal causa, então, algumas vezes, é a cistite um dos estágios anteriores à infecção urinária. “A proliferação das bactérias na região é alta, em média de quatro em quatro horas são praticamente duplicadas”, afirma Meller. Urinar é o principal tratamento, já que a urina lava a bexiga, renova as bactérias e cria uma barreira que evita novas infecções. “Urinar de três em três horas é fundamental no tratamento tanto da cistite, como da infecção urinária”, ressalta.


Com informações portalfeliz.com

Qual a sua reação?



Comentários no Facebook