“Sagração da Primavera” e “Cabanagem” serão apresentados este mês, no Teatro Amazonas e Teatro da Instalação, com entrada gratuita.

Em comemoração aos 20 anos de fundação, o Corpo de Dança do Amazonas (CDA), da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), organizou diversos espetáculos para 2018. Entre as primeiras apresentações estão “Sagração da Primavera” e “Cabanagem”, que serão realizadas durante o mês de junho, no Teatro Amazonas e no Teatro da Instalação, na rua Frei José dos Inocentes, s/Nº, Centro, com entrada gratuita. 

A primeira apresentação é “Sagração da Primavera”, que acontece nesta terça-feira (05/06), às 20h, no Teatro Amazonas. A obra retrata um ritual pagão eslavo onde uma jovem dança até a morte, como oferta ao Deus da Primavera. A apresentação conta também com música de Igor Stravinsky. 

Na “Sagração da Primavera”, os coreógrafos Adriana Góes e André Duarte fazem uma releitura imersa na cultura indígena, já que a sagração se passa no ritual da Moça Nova, característico da tribo Tikuna.

Na quarta-feira (06/06), às 20h, é a vez do espetáculo “Cabanagem”, de Mário Nascimento, também no Teatro Amazonas. A obra fala da Cabanagem, histórica revolta popular, onde negros, índios e mestiços insurgiram contra a elite política na região Norte do Brasil. A coreografia é inspirada na literatura de Márcio Souza e Marilene Corrêa, procurando sempre traduzir o espírito de resistência, luta, revolta e de preservação das culturas.

 

Reapresentações – “Cabanagem” será reapresentado no dia 7 de junho, às 20h, no Teatro Amazonas e 15 de junho, às 19h, no Teatro da Instalação. Em todas as apresentações, a entrada será gratuita. 

De acordo com o diretor do CDA, Getúlio Lima, neste ano, os profissionais da companhia terão a oportunidade de mostrar seus talentos durante os eventos comemorativos. Ele afirma ainda, que além de espetáculos, planeja realizar eventos didáticos, como cursos e intercâmbios.

“Para 2018, estamos com uma programação que visa potencializar o elenco de bailarinos, para que eles possam ser valorizados ao dançar. Desejamos também que eles possam experimentar outros fazeres da profissão”, comenta. “Para isso, buscamos realizar cursos, intercâmbios e diversas produções que englobam também o nosso público, que pode participar de nossas atividades”.

 

Projetos do CDA – Criado em 1998, o Corpo de Dança do Amazonas realiza, além de espetáculos, atividades escolares e de experiência profissional com a população amazonense. Getúlio afirma que ao longo dos anos, a companhia já criou cerca de 60 coreografias. 

“O Corpo de Dança do Amazonas comemora 20 anos em 2018 com muita alegria e a certeza de estar contribuindo com o desenvolvimento da dança em nossa região. Ao longo dessas duas décadas foram mais de 60 coreografias entre projetos torneios, intercâmbios e diversas outras atividades”. 

Entre os projetos realizados pelo grupo estão “Dança, arte e escola: Espetáculo didático” e “CDA de Portas Abertas”, em que a companhia apresenta a rotina de ensaios e faz visita ao Teatro da Instalação. Getúlio finaliza afirmando que atividades como estas aproximam o público da companhia. 

“Estamos de portas abertas, no sentido de realizar atividades que nos aproximem com a população. Essa também é uma forma de agregar valor ao trabalho dos nossos artistas”.

 

Serviço: Espetáculos em comemoração aos 20 anos do Corpo de Dança do Amazonas

Data: 5, 6, 7 e 15 de junho

Local: Teatro Amazonas (Avenida Sete de Setembro, 659, Centro) e Teatro da Instalação (Rua Frei José dos Inocentes, s/n, Centro)

Entrada: Gratuita


Com informações da Assessoria.

Qual a sua reação?



Comentários no Facebook