O segundo curso do programa “Inova Jovem” foi iniciado nesta segunda-feira (9/4), na Escola Estadual Professor José Bernardino Lindoso, bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus. O programa foi criado pelo Governo Federal e conta com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
Foto: Mauro Neto / Sejel

O tutor da capacitação, Matheus Rosário, falou sobre o curso, que tem duração de uma semana. “O objetivo é capacitar os jovens de maneira empreendedora e viabilizar alternativas para que possam começar ou mesmo dar andamento ao próprio negócio. O projeto visa atingir principalmente aqueles que estão em áreas de maior incidência de crimes ou problemas sociais. Ao final do curso, queremos que esses jovens sintam-se preparados para o mercado de trabalho e possam atuar de maneira independente para realizar seus sonhos”, disse.

O industriário Huberlanio Farias, de 26 anos, sonha montar uma escola de futebol para jovens a partir de 16 anos e viu no curso uma oportunidade de realizar esse desejo. “Moro no bairro Alfredo Nascimento, zona Leste, e há três anos formei o time Olímpia F.C.. Mais do que ter uma escola de futebol, quero também proporcionar um ambiente em que os jovens se sintam acolhidos e possam passar longe do mundo das drogas e das coisas erradas e encontrem no esporte, a motivação para serem pessoas melhores e mais felizes”, afirmou.


Empreendedorismo - Moisés Simões, de 22 anos, participou do curso de empreendedorismo pelo programa “Inova Jovem” e tornou-se microempreendedor. Morador do bairro São José, na zona leste, Moisés comercializava seus produtos em uma feira no local onde reside e começou a ter grande visibilidade. Ele assinou contrato com uma empresa de publicidade e irá começar a divulgação da própria empresa, a “Capim Dourado S&M”.

“Trabalho com venda de materiais feitos de capim dourado, um produto oriundo de Tocantins. Comecei a usar o método que aprendi no curso e já comecei a ter resultados positivos. Vendi os produtos em sala de aula e dois dias depois fiz minha a primeira venda pela internet, com destino a São Paulo. Hoje já tenho vendas agendadas para Minas Gerais, Rio Grande do Sul e, inclusive, para outro país, a Espanha”, destacou.


Outras zonas – Por enquanto, a capacitação atende jovens da zona leste de Manaus, mas o secretário da Sejel, Manoel Almeida, afirma que o curso chegará a todas as zonas da cidade. “A procura foi muito grande, principalmente pela internet. Muitos jovens se inscreveram para fazer o curso e eles vão fazer essa capacitação será realizada em todas as zonas de Manaus. Todos os jovens inscritos serão atendidos”, pontuou Manoel Almeida.  


Com informações da Assessoria.

Qual a sua reação?



Comentários no Facebook