Com mais de 35 boletins de ocorrências, as vítimas do infrator descobriam na hora do embarque que a passagem comprada a preço de banana na verdade não existia.
Foto: Divulgação Assessoria PC-AM

E o sonho da viagem de férias virou pesadelo para os clientes de Marcos Rogério Ribeiro da Fonseca (39). Dono de uma agência de turismo, o acusado vendia passagens a preço inferior ao do mercado mas na verdade não as emitia, e as vítimas só descobriam o golpe na hora do embarque.

Marcos foi preso na última terça-feira (6), na casa onde morava, na Rua 213, Cidade Nova, zona Norte de Manaus. De acordo com o delegado titular do  6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Jeff David Mac Donald, o infrator possui mais de 35 Boletins de Ocorrência (BOs) registrados em nome dele por estelionato e fraude, além de responder na Justiça a 27 processos pelos mesmos delitos.

A prisão do estelionatário foi expedida no dia 27 de maio deste ano, pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, da 2ª Vara Criminal.

O procedimento de Marcos era vender passagens com preços "acessíveis". Iludidas pelos preços camaradas, as vítimas efetuavam o pagamento pela compra das passagens e só descobriam a fraude no momento do embarque, quando eram informadas que a passagem não havia sido emitida. Marcos foi indiciado por estelionato.


Texto Andreza Maria Cunha.

Qual a sua reação?



Comentários no Facebook